© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Seus filhos implicam com suas viagens?

Eu sei que muitas vezes o excesso de preocupação significa cuidados de amor. Mas a vida é para ser vivida com a intensidade que a gente quiser, não é?


É sempre tempo de viajar.Riscos há em qualquer idade,Relaxe e aproveite!


Não é o meu caso, diga-se de passagem. Meus filhos – até o momento- até incentivam minhas idas e vindas pelo mundo. Mas sei de gente que, ao decidir comprar um pacote de viagem, uma excursão, passam por verdadeira bateria de perguntas aflitas de seus filhos, do tipo

- Mas se você tiver que andar muito, com esse joelho doendo?

- Mas se você se sentir mal?

_ Mas se estranhar a comida?


Entre “mas se isso” e “mas se aquilo”, vão minando o prazer da mãe em aproveitar a oportunidade para socializar com um grupo de – quem sabe – novos amigos ou, (por que não ?), novo romance. E o que é melhor: no contra fluxo do turismo de massa porque ela já não depende mais do calendário escolar para viajar e ainda usufrui dos preços de baixa estação.


Aos filhos aflitos, uma sugestão: riscos há em qualquer idade e se suas mães estão dispostas a viajar, a passear seja para onde for, levantem as mãos aos céus. Melhor uma mãe viajando e feliz do que em casa, gemendo de dores físicas ou mentais. Ou pedindo, a toda hora, a presença de vocês.

Se suas mães tem, verdadeiramente alguma limitação motora, o melhor será usar o bom senso e escolher viagens que não exijam tantas caminhadas e lugares que tenham poucas escadas. Por exemplo: um cruzeiro, seja marítimo ou fluvial.


Às mães viajantes, algumas observações:

Nunca saia de casa para ir a qualquer lugar sem um seguro-viagem. Hoje em dia está tudo muito simplificado e você vai pagar apenas pelos dias viajados. Bem simples. Seu banco ou cartão de crédito podem fazer isso em poucos minutos e ainda há um grande número de companhias especializadas. E, em muitos casos, o pacote de turismo já oferece o benefício do seguro. Ou ainda seu próprio agente de viagens pode providenciar o seguro que cobre de mala extraviada e atendimento médico ou dentário.


Importante: em viagens para a Europa o seguro é obrigatório e deve ter cobertura de 30 mil Euros. Mas não se assuste porque os seguros mais conhecidos do mercado oferecem apólices para viagens à Europa por aproximadamente 35 Reais por dia.

Sobre a aflição de seus filhos com relação à comida, outro lembrete: você tem alergia a alguma coisa? Camarão? Amendoim? Então pergunte ao seu guia, se estiver em excursão, se por exemplo, haverá algo do gênero nas refeições para que ele possa solicitar outro prato para você . Ou ao maitre do restaurante, se viajar por conta própria. E fique esperta para não exagerar com aquela deliciosa comida super condimentada ou rica em gorduras que você gostou tanto. Estive com um grupo onde uma senhora pensou estar tendo um problema cardíaco, foi atendida num pronto socorro e o que ela tinham de fato, era indigestão por excesso de comilança, na Alemanha.

Ah, sim: leve seus remédios de sempre: para dor no joelho, pressão alta, diabetes ou seja lá o que for.

De resto é embarcar e aproveitar.


#europaparamaduros #viajantesmaduros

#viagensparaseniors

#melhoridade #aposentadosemferias #viagemdepoisdos60 #viajandodepoisdos70 #viajandoparaeuropa #destinosideaisparamaisvelhos

#destinosideaisparaquemtemmaisde60 #viajarcomamiga #viajaremduasnaeuropa #viagemparamaisvelhos #soebemacompanhada #conexõesaereas #temponecessárioparaconexãoaérea #dicasparaquemviajadeavião #quantotempoprecisoparaconexãoaérea #60saoosnovos40 #70saoosnovos50

#seguroviagem #viajandosomseguro #seguroparaeuropa

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now