CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Perdição de qualquer regime

Atualizado: 30 de Nov de 2020




Ninguém imagina a Suécia como um centro gastronômico mundial como a França ou a Itália. Mas podem – sim – incluir, sem medo de errar, o país na lista dos top 10 do mundo em matéria de pastries, aquela profusão de pães os mais variados possíveis, salgados ou doces. Macias, crocantes, folhadas, essas delícias cobertas por creme ou salpicadas por amêndoas são responsáveis por tirar qualquer um do regime.

Café com pão doce, na indispensável fika

Pães doces são parte do dia-a-dia , na indispensável Fika, o intervalo para o café, pela manhã ou à tarde, imprescindível na vida dos suecos que também não dispensam os pães em geral. Sempre acompanhads de muiiiita manteiga. Outra paixão local. Aliás, causa surpresa o tamanho dos potes de manteiga disponíveis nos cafés ou nos bufês de restaurantes. Nada de bolinhas ou de pacotinhos como estamos acostumados a ver. São generosos potes com as típicas faquinhas de madeira para cada um se servir à vontade


Folhadas, amanteigadas, crocantes, as massas dos populares pães doces

Embora tenha feito a fama por aqui como pão sueco – aquelas fatias fininhas, de trigo integral, quase um biscoito e bem gostoso- este é apenas um dos muitos tipos disponíveis nos supermercados e padarias em geral. E, com muitas variedades: mais claros, mais escuros, cobertos de gergelim ou com outras sementes.


Pães para o café da manhã? Tem de tudo: com farinha integral e muitas sementes, lisinhos, para as torradas ou redondinhos, com açafrão na composição da massa. Isso mesmo: o açafrão, que a gente conhece mais nos risotos e paellas, aparece com muita frequência nos pães, inclusive nos industrializados. E também nos bolos, fornecendo, além do sabor, um colorido forte, sempre combinado com manteiga.


Kardemunmabulle, o pão docede cardamomo um dos meus favoritos

Camadas de massa bem leve, salpicadas por muita amêndoa.Que tal?

Mas ainda temos os pães muito especiais como o kardemunmabulle, recheados com creme e cardamomo. Tão bom que é difícil de descrever. A massa, salpicada de açúcar, se despende em lascas crocantes e o intenso sabor do cardamomo, misturado ao creme bem leve e discreto, completa a harmonia. E nada é excessivamente doce.


Mas ainda há mil e um tipos de pães doces como o tradicional cinnamon rolls (pães de canela) e outros crocantes, folhados, com massa trançada fazendo volutas, fartos em sementes de papoula, cobertos por creme e salpicado de frutas ou pródigos em creme de baunilha. Ou ainda dos típicos cones de coco, os croissants, simples, de chocolate ou de amêndoas, estas sim uma fartura nacional.



E o que é melhor: onde quer que você vá, encontrará esses pães. No supermercado, o kardemunmabulle é vendido em versões congeladas, bastando aquecer no forno para mergulhar na delícia. Mas eles estão por toda parte: em qualquer padaria, nos cafés ou delicatessen os variados tipos de pães são facilmente encontrados assim como nos quiosques, verdadeiras tentações diante dos seus olhos.


Na estação central de Malmö, por exemplo, há pães doces à escolha, seja na loja de conveniência, a Pressbryran, no supermercado local, na doceira Gateau, mas o destaque vai mesmo para o quiosque do St Jakob’s, uma competente panificadora local onde tem tudo isso e muito mais, sempre fresquinho. Quem resiste?


© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now