© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Pedras do passado

Atualizado: 15 de Jul de 2019

Num lindo dia de céu azul e 28ºC conheci Ales Stenar (Pedras de Ale), em Kåseberga no sul da Suécia


Testemunhas do passado, as Pedras de Ale se debruçam sobre o mar Báltico

O maior monumento megalítico no sul da Suécia, do final da Idade do Ferro ou da chamada Era Viking ( 500 -100 AD) é composto por pedras de tamanhos variados

dispostas em forma ovalada, como um barco viking, com 70 m de comprimento e 19 m de largura, se impõem, poderosas, num promontório com magnífica vista para o mar.



Bucólica e histórica, Ales Stenar vale a pena ser visitada


Como tantos outros monumentos desse tipo a pergunta é : quem as colocou alí e por que? Um monumento funeral? Mas não se encontrou nenhuma tumba. Um símbolo de poder? Ou um calendário astrológico? Todas essas interpretações são possíveis e a do calendário ainda é reforçada pelo fato de que suas linhas centrais marcam com exatidão os solstícios de verão e inverno.




Para nós, viajantes, todas essas questões fascinam e provocam muitos pensamentos, sentimentos e idéias. A gente toca nessas pedras milenares e inevitavelmente pensa nas pessoas que alí as colocaram. Quem eram? Como se pareciam? O que faziam? O que comiam? A quem obedeciam? Quem amavam? E tantas outras perguntas



Vale a pena visitar Ales Stenar? Sim!, Não somente por esse monumento aberto ao público, onde é possível caminhar por onde se quiser, tocar nas pedras e fotografar à vontade (diferentemente de Stonhenge, na Inglaterra) e por onde até algumas vacas pastam livremente.



Na minúscula Kåseberga, casinhas floridas

Mais do que isso: a viagem é bem fácil. De Malmö a Ystad, 40 minutos em trem e da própria estação de trem, em ônibus, mais 30 minutos até Kåseberga uma pequena e encantadora aldeia a 15 quilômetros a sudeste de Ystad Tudo com preço único ( 210 coroas suecas ou cerca de 21 Euros )para ida e volta nos dois transportes.

MAr aberto e muito vento, para prática de esportes

Tudo é muito bem sinalizado e do ponto do ônibus em Kåseberga até Ales Stenar: são 900 metros de caminhada com apenas um aclive que mais ou menos uns 200 metros.

Importante: vá de tênis bem confortável.

De resto é ir apreciando as incríveis flores do caminho para, em seguida, se deslumbrar com a vista e com o vento.

Sim, venta muito por lá, tanto que é um point de lançamento de paraglaides. Assim sendo, o verão é a melhor época para visitar Ales Stenar.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now