© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Paraiso da páprica

Bem pertinho do Danúbio, na área central da cidade, o Mercado de Budapeste é programa imperdível na capital da Hungria


Mercado central de Budapeste,um passeiopara não se perder

Andar por Budapeste é bem fácil . Basta um mapa na mão e usar sempre o Danúbio e suas pontes como referência. Muito simples e bem agradável caminhar pela região de Pest, toda plana e cheia de coisas legais para serem vistas. Como por exemplo, o mercado central. Bom, eu adoro visitar mercados. Primeiro porque gosto muito de cozinhar e é sempre bom ver o que existe em matéria de tempero, mundo afora. E este é um mercado muito especial. Pra começar, pela arquitetura .




Foi Gustaf Eiffel, o mesmo arquiteto da torre de Paris, quem criou o edifício do Mercado Central de Budapeste, que funciona muito próximo à mais bela das pontes da cidade, a Széchenyi ou Ponte das Correntes, que, não por acaso, tem cara de ponte londrina já que foi projetada pelo britânico William Clark.

É bom reservar umas duas horas, pelo menos, para circular pelo mercado, esse belo exemplar arquitetônico onde húngaros fazem suas compras de frutas , verduras, carnes, salames, condimentos.

O mercado é impecavelmente limpo e , entre os legumes, pude ver pela primeira vez ,por exemplo, dezenas de diferentes pimentões – verdes, brancos, vermelhos, alaranjados, longos, curtos, redondos, pontudos doces e picantes. Não é de se estranhar, portanto, que do pimentão venha o mais famoso dos condimentos húngaros: a páprica, também fartamente encontrada no mercado nas versões mais variadas entre doces, picante, defumada. Sim: reserve espaço na mala para carregar de volta muitos saquinhos de páprica, já preparados em embalagens típicas, um souvenir que faz sempre sucesso entre amigos e família. Mas há muitas frutas também para comprar e ir petiscando durante o dia e se for tempo de cerejas, mergulhe de cabeça porque são deliciosas! E não se esqueça também do Takaj, referência internacional em vinho doce, também vendido por lá.






No andar superior do mercado ficam restaurantes de culinária típica - aproveite para provar o goulash em sua terra nata! - e também quiosques de artesanato com artigos de couro, bordados e bonequinhas, essas também um belo presente para suas crianças


#europaparamaduros #viajantesmaduros

#viagensparaseniors

#melhoridade #aposentadosemferias #viagemdepoisdos60 #viajandodepoisdos70 #viajandoparaeuropa #destinosideaisparamaisvelhos

#destinosideaisparaquemtemmaisde60 #viajarcomamiga #viajaremduasnaeuropa #viagemparamaisvelhos #soebemacompanhada #conexõesaereas #temponecessárioparaconexãoaérea #dicasparaquemviajadeavião #quantotempoprecisoparaconexãoaérea #60saoosnovos40 #70saoosnovos50

#danubio #cruzeironodanubio #imperioaustrohungaro #buda #pest #budapeste #budapest #hungary #paprica



This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now