CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Na Casa de Van Gogh


Auvers sur Oise , uma pequenina localidade ( 12 Km²) com menos de 7 mil habitantes certamente passaria desapercebida dos turistas não tivesse sido ela o último endereço de Vincent Van Gogh, depois de viver em inúmeros endereços na França.Lá ele passou os 70 últimos dias de sua vida produzindo, loucamente, mais de uma tela por dia.


Igreja de Notre Dame d'Auvers sur Oise, do ponto de vista do quadro de Van Gogh


Sua morada: um pequenino quarto de 7m² e com uma única claraboia, que ele alugou por 3,5 francos por dia, no Auberge Ravoux, que pode ser visitado, (de quarta a domingo 6 Euros por pessoa) de março a novembro, precedido de apresentação de audiovisual em sala ao lado, sobre a vida de Van Gogh em Auvers-su-Oise

Este vilarejo a 30 km de Paris ainda respira Van Gogh mas também mantem o charme francês com bons restaurantes e vinhos.




O Auberge Ravoux continua lá e seu restaurante, decorado da mesma forma, funciona regularmente e o quarto nº 5, fechado durante cem anos (por superstição, ninguém mexe em quarto de suicida) permanece como era quando o artista alí morreu. Hoje em dia já se acredita que Van Gogh não se matou mas foi alvejado por dois adolescentes






Caminhando por Auvers sur Oise é possível reconhecer a igreja, casas, ruas, a Prefeitura, o castelo e os campos pintados por Van Gogh.

Os passos do artista, marcados simbolicamente em placas, no chão levam à colina ondulada por relva e flores, onde foi desferido o tiro em seu peito e também ao cemitério onde Vincent e Theo,seu irmão, descansam, lado a lado.

É bem fácil a caminhada por Auvers sur Oise com quase tudo plano e as poucas subidas, bem suaves. Além da casa de Van Gogh, várias exposições podem ser vistas, contando a trajetória do pintor.




O charme francês e vinhos presentes em Auvers sur Oise

Há muitos passeios de um dia a Auvers sur Oise para quem está em Paris já que é bem pertinho da capital francesa mas eu conheci o último endereço de Van Gogh durante cruzeiro pelo rio Sena que explorou a Normandia e locais onde viveram pintores impressioniatas. Além deste, Giverny e os Jardins e Casa de Monet e Honfleur, a pequenino porto normando onde, de fato, o impressionismo ganhou força.MAs isso eu conto depois (aos 73 anos)



#melhoridade #aposentadosemferias #viagemdepoisdos60 #viajandodepoisdos70 #viajandoparaeuropa #destinosideaisparamaisvelhos

#destinosideaisparaquemtemmaisde60 #viajarcomamiga #viajaremduasnaeuropa #cruzeirofluvial #cruzeurofluvialnaeuropa #cruzeironoreno #cruzeironodanubio #cruzeironosriosdafrança #cruzeironosena #viagemparamaisvelhos #cruzeiromaritimo #cruzeirosenior #viagemsenior #frança #auverssuroise #vangogh

#europaparamaduros #viajantesmaduros

#viagensparaseniors ( aos 73 anos)

© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now