CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Na casa de Ricardo Coração de Leão


Chateau Guilliard, pronto em apenas dois anos


Foi nos meus 18 anos quando estive pela primeira vez num castelo desses imaginados na infância, com ameias, fosso e ponte levadiça. Era um tour pelo Vale do Loire e seus incrivelmente lindos castelos: Chambord, Amboise, Angers, Blois, Chenonceau.. Depois desse meu primeiro impacto com sonhos românticos tive a sorte de visitar outros tantos castelos e palácios em diferentes países da Europa.


A visita ao castelo exige uma boa caminhada


E vários deles em ruinas mas com histórias fantásticas. Como o Chateau Gailliard, na Normandia a 40 km de Rouen .




Localização estratégica, dominando o rio Sena fez desse um importante castelo na luta de ingleses e franceses



Do castelo propriamente dito, situado 90 metros acima de Les Andelys, olhando o rio Sena, com localização estratégica, restaram algumas torres , poucas paredes mas ainda assim, mostra sua magnitude.

O passeio ao Chateau Guilliard - parte de cruzeiro no rio Sena, de Paris à Normandia -construído por Ricardo Coração de Leão que era simultaneamente Rei da Inglaterra e Duque da Normandia e que promoveu a construção do castelo em apenas 2 anos.




Isso mesmo. Começou em 1196 e já estava pronto em 1198. Totalmente de pedra, com torres, proteção circular e tudo mais, num tempo em que a engenharia não contava com os recursos de hoje.



Pedra sobre pedra assentadas no século 12

Dos incontáveis prazeres que uma viagem pode proporcionar está também a proximidade com a história que cada lugar, cada cenário é capaz de nos oferecer.



A gente vai ficando íntima de personagens que até então estavam apenas nos livros mas que voltam a viver conosco, que surgem como gente de carne e osso . Como Ricardo Coração de Leão que aparece também em Dürnstein, na Austria, prisioneiro que foi no castelo, hoje também em ruínas, quando retornava das cruzadas. E que foi salvo por seu fiel escudeiro o francês Blondel. E cada um pense o que quiser da amizade deles, lembra o guia



Importante: visitar o Chateau Guillard exige caminhada com algumas rampas por isso é bom usar um calçado confortável e que não escorregue. Nosso guia foi super gentil e nos levou e buscou praticamente até a porta do castelo. Mas é bom saber que nem sempre é oferecida esta facilidade.(aos 73 anos)

© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now