CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Gulodices de viagem

Atualizado: Ago 10


Salsichas, salsichões de todos os tipos e sabores, comida de rua imperdível,na Alemanha


Um dos prazeres das viagens é descobrir sua gastronomia. E não falo aqui da comida requintada dos restaurantes, dos pratos típicos. Quando um estrangeiro vem ao Brasil, na lista de delícias a provar está ,com certeza, a feijoada mas posso apostar que a descoberta feliz será uma coxinha, quentinha, provada num "bar da esquina"

E assim é também ao inverso .


Quando viajamos para fora do Brasil, um dos prazeres será, com certeza, provar "comida de rua", gulodices encontradas enquanto a gente se envereda por ruas desconhecidas, ou entra em supermercados e descobre novas delícias ao nosso paladar.



Comida de rua, tipo fast food, pode surpreender. Como, por exemplo, esses espetinhos de lula e camarão, aí na foto ou os cones de presunto defumado, absolutamente incríveis, que você compra no imperdível mercado de La Boqueria, em Barcelone, e vai comendo enquanto se deslumbra com a cidade caminhando pelas Ramblas



Parecido no sabor, o fast food na cidade murada de Dubrovnik camarão, peixe ou lulas fritas vendidas em embalagens individuais.



Mas é principalmente nos supermercados que a gente aprende hábitos e costumes de um povo: o que gostam, como são as marcas (muitas delas idênticas às nossas) e também onde encontramos algumas supresas interessantes como o Pastel da Carélia (karjalanpiirakka), que eu nunca tinha ouvido falar, um prato tradicional finlandês feito com massa fina de centeio e recheado com arroz, vendidos em grandes quantidades também nos supermercados. E que foi meu almoço, sentada num banco de praça, num belo dia de verão, em Helsinki.



Pastel da Carélia (karjalanpiirakka), a "coxinha filandesa"

Nas descobertas pelas ruas as lembranças incluem a linguiçona na praça Venceslau, em Praga, um clássico dos turistas (parece que serão tiradas de lá em breve...) e os cachorro-quentes tchecos, muito baratos, um ótimo quebra galho para a fome do meio dia quando você não quer parar de passear para sentar num restaurante.








Mas não dá para esquecer da gulodice do cachorro quente duplo, de Riga, a preço de banana.


Gulodices pela rua incluem doces, com certeza. E há muitas lembranças: do canoli da Antica Salumeria, em Roma, o melhor entre todos os que já provei, o Trdlo , aquela massa doce, quentinha, vendida em barracas pelas ruas de Praga ou os perfeitos donuts do The Rolling Donuts, de Dublin que elevam o doce favorito de Homer Simpson à perfeição






E o melhor de tudo é que recordar, nao engorda!


© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now