CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

Banhos em Budapeste

Nas águas quentinhas, um prazer especial e único na sua viagem





Fazia mais de 30 graus, na segunda vez que estive em Budapeste. A cidade estava radiante, mais linda do que nunca e foi dessa vez que resolvi, entre outras coisas, experimentar suas famosas termas.

Foram os romanos – mosaicos e afrescos comprovam – os primeiros a usufruir dos banhos em água mineral quente que jorra em grande quantidade em Budapeste. A cultura dos banhos é um dos tesouros da cidade que tem 118 fontes naturais de água entre 21° e 78º C.






Esqueça, prá começar, qualquer idéia pré estabelecida de balneário porque os de Budapeste são, de fato, surpreendentes. E não se trata apenas da qualidade e quantidade da água – jorram 70 milhões de litros/dia - mas pelos edifícios em que estão instalados e refletem a qualidade de vida da população que pode usufruir dessas termas, a qualquer momento, sem complicação. Széchenyi, por exemplo, a mais popular delas, é composta de um conjunto de piscinas termais a 36º em estilo neobarroco (1913) belíssimo, que de fora parece ser um teatro e acessível a qualquer um. Tudo muito simples. Basta comprar o ingresso avulso para um dia de spa, com direito ao uso de cabine individual (aproximadamente 22 Euros) e entregar-se às delícias das águas.

Alimentadas por fontes naturais ricas em sulfato, cálcio e magnésio as piscinas proporcionam um enorme prazer e a pele fica absolutamente macia, bem lisinha.




Além da piscina maior, para quem quer praticar natação (não era o meu caso), ainda há piscinas menores, com jatos d’água onde a população local fica conversando, fofocando, namorando, usufruindo da água quentinha e até jogando xadrez, sem splash splash da criançada. Mas ainda tem uma piscina divertida, com uma espécie de corredeira que anima a moçada. As termas funcionam também no inverno

mas no verão a diversão é imperdível. Aberta das 9hs até as 22 hs. Não perca!




Outro spa muito popular entre os turistas é o Gellért, (ingresso 23 Euros), que funciona desde 1918 num edifício Art Nouveau, com mosaicos, mármores, colunatas, vitrais, estátuas e piscina interna, (26ºC )e externa (36ºC) ambas com águas terapêuticas. O Géllert abre às 6 da manhã e oferece também massagens relaxantes de no mínimo 20 minutos ( mais ou menos 47 Euros).

Os ingressos para os dois spas podem ser comprados antecipadamente pela internet http://gellertspa.com/ e http://szechenyispabaths.com/ Mas nem se preocupe com os endereços porque qualquer taxista levará você rapidamente a qualquer um deles.



#europaparamaduros #viajantesmaduros

#viagensparaseniors

#melhoridade #aposentadosemferias #viagemdepoisdos60 #viajandodepoisdos70 #viajandoparaeuropa #destinosideaisparamaisvelhos

#destinosideaisparaquemtemmaisde60 #viajarcomamiga #viajaremduasnaeuropa #viagemparamaisvelhos #soebemacompanhada #conexõesaereas #temponecessárioparaconexãoaérea #dicasparaquemviajadeavião #quantotempoprecisoparaconexãoaérea #60saoosnovos40 #70saoosnovos50 #hungri #budapeste #budapest #hungary #sweet #desserts #sobremesas #doces #bolos

#bolodobos #doboscake #danubio #cruzeironodanubio #sissi #sissiimperatriz #imperioaustrohungaro #buda #pest #gallertspa #szechenyispabaths #spasembudpeste #aguastermaisembudapeste

© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now