CafeecervejasXQ.gif
  • Mariuccia Ancona Lopez

A ponte e o cachorro quente histórico

Unindo as duas margens do Danúbio, a ponte testemunha a vida de #Regensburg desde o século 12


Nunca planejei visitar Regensburg, na Alemanha. Aliás, confesso aqui minha ignorância porque, até aquele julho de 2011 sequer sabia da existência dessa linda cidade medieval , patrimônio da Unesco, na região da Baviera, às margens do rio Danúbio. Cheguei a Regensburg depois de um cruzeiro exatamente pelo Danúbio que me levou de Budapeste a Vishoffen, na Alemanha e, de lá, de ônibus, para Praga, com parada em Regensburg.


Desde o século 12 a ponte de Regensburg testemunha a história da Alemanha

A primeira grata surpresa foi a ponte do século 12 (estamos falando dos anos 1100!) inteiramente feita de pedra, com seus 310 metros e 16 arcos exibindo toda sua beleza, firme e forte, aos 900 anos de idade, unindo os dois lados da cidade, debruçada sobre o rio Danúbio. Aliás, para nós, viajantes do Brasil, infelizmente é difícil pensar em algo que dure tanto. Especialmente pontes, não é?


Regensburg hoje tem uma cidade nova e dinâmica com cerca de 150 mil habitantes mas esta porção, onde fica a ponte, é onde nasceu a cidade imperial livre, em 1245, embora muito antes disso - lá pelo ano 90 os romanos houvessem estabelecido por ali um de seus fortes. Ah! o panorama visto da tal ponte parece surgido de um livro de histórias românticas e convida para fotos, selfies, registros nas redes sociais, com certeza. Cruzando a ponte em direção à cidade velha, na margem do rio, a outra surpresa: uma fila de gente numa portinha onde se vende cachorro quente com uma incrível mostarda doce.




Cachorro quente na Alemanha não chega a ser surpresa, não é? Só que esse lugar, a Historische Wurstküche zu Regensburg (Cozinha Histórica de Regensburg) se orgulha de ser o mais antigo dos fast food do mundo.

Por que? Quando a ponte foi concluída em 1146 , o edifício tornou-se um restaurante frequentado por operários, marinheiros e trabalhadores em geral. O edifício atual neste local data do século 17 e em 1806 as salsichas grelhadas no carvão– dizem que são 6 mil vendidas por dia - são o prato principal.Não tenho como conferir esse número mas posso garantir que o cachorro quente é ótimo e a mostarda inacreditavelmente boa. Aliás, o melhor souvenir de Regensburg é a tal mostarda adocicada que custa menos de dois Euros o pote. Se não comprar vai se arrepender!


Parada obrigatória para o cachorro quente com mostarda doce


A partir dali, a caminhada para o centro da cidade velha é bastante fácil , quase tudo plano, com edifícios históricos, torres góticas gêmeas, a catedral e seus lindos vitrais e, bem na praça principal, a guia conta a história fantástica do menino Hans, nascido em Regensburg de uma relação extra marital do Imperador com uma moça da cidade. Sabe que menino é esse? É Don Juan (João em espanhol ou Hans em Alemão), sim, aquele famoso conquistador de mulheres. Mas essa é uma outra história. (68 anos)


#melhoridade #aposentadosemferias #viagemdepoisdos60

#viajandodepoisdos70 #viajandoparaeuropa #destinosideaisparamaisvelhos #destinosideaisparaquemtemmaisde60 #viajarcomamiga #viajaremduasnaeuropa #cruzeirofluvial #cruzeurofluvialnaeuropa #cruzeironoreno #cruzeironodanubio #cruzeironosriosdafrança #cruzeironosena #viagemparamaisvelhos #cruzeiromaritimo #cruzeirosenior #viagemsenior

#europaparamaduros #viajantesmaduros

#viagensparaseniors #regensburg #alemanha

© 2019. Mariuccia Ancona Lopez. Proibida a reprodução sem autorização da autora

  • White Facebook Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now